domingo, 29 de dezembro de 2013

Laurinda Ramalho de Almeida

Quando alguém é ouvido (e compreendido), isso traz uma mudança na
percepção de si mesmo, por sentir-se valorizado e aceito. E, por sentir-se
valorizado e aceito, pode apresentar-se ao outro sem medo, sem
constrangimentos. Por isso, a relaçãoempática está intimamente ligada à
construção da identidade, pois a identidade é percebida quando o próprio
eu é apresentado a outro.
Laurinda Ramalho de Almeida

O Projeto Político Pedagógico (PPP)

O Projeto Político Pedagógico (PPP) é uma ferramenta fundamental para o
desenvolvimento dos trabalhos da Unidade Escolar. Sendo interativo com a
Comunidade, ele à chama para a responsabilidade escolar, organiza as
ações, amplia as possibilidades de desenvolvimento individual, coletivo e
social, é o elo entre os diferentes segmentos conduzindo o trabalho
pedagógico, promovendo a participação dos pais e garantindo o
cumprimento dos princípios norteadores da educação, favorecendo o
desenvolvimento das Políticas Públicas. Deve ser executado com
compromisso, cumplicidade, entusiasmo e determinação para o alcance das
metas, garantindo a inclusão sociale a integração, obtendo uma linguagem
coerente e objetiva. Enfim contribuir para a unidade do grupo
(profissionais, alunos, pais e comunidade).
Flávia Teixeira Branca

Caminhante...

Caminhante...
Qualquer caminho é apenas um
Caminho e não constitui insulto algum,
Para si mesmo ou para os outros,
Abandoná-lo quando assim ordena o seu coração. Olhe cada caminho com
Cuidado e atenção. Tente-o tantas vezes
Quantas julgar necessárias. Então, faça a si mesmo e apenas a si mesmo
uma pergunta:
Possui este caminho coração?
Em caso afirmativo, o caminho é bom.
Caso contrário, esse caminho
Não possui importância alguma.
                      Carlos Castañeda

Jorge Luis Borges

 Dos diversos instrumentos utilizados pelo homem, o mais espetacular é, 
sem dúvida, o livro. Os demais são extensões do seu corpo. O telescópio, 
da visão; o telefone, davoz; o arado, do braço. O livro é uma extensão da 
memória e da imaginação. 
                                                                                       Jorge Luis Borges