sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Canto assim porque

Canto assim porque
o que vem dentro de mim
passa não somente pelo
fato de estar sentindo algo.
Canto porque tu sorris
quando percebes a presença
da minha pessoa
e que teu corpo se arrepia
a chegada do meu.
Assim canto de amor,
entregando não somente
doces palavras ditas
mas sim algo de eterno
como os versos meus.
O renascer do amor

Anda vazio

Anda vazio,
vazio.
Meu coração.
E sente frio,
anda vazio
ecoando
solidão.
Tão sozinho
desacolhido
a espera de um sim
entre tantos
não.
Lira de solidão

Onde perde-se a razão

Onde perde-se a razão
Um dia um sábio
falou que as flores
eram símbolos
de amor.
Mas os espinhos
não facilitavam
e impunham dor.
Um dia eu lhe conheci
e apaixonei
intensamente.
Não quero mais espinhos
e nem mais flores,
só te amar loucamente.