terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Vizinho.....


Caro vizinho
Se um dia incomodar
a música alta a tocar,
não tente por mim chamar
que não vou escutar.
Como não tenho com quem desabafar
sobre os problemas que preciso enfrentar,
vou na música encontrar
um meio de respirar
e controlar o frio
que, eu sei, vai passar.
Mas você pode esquecer
e na porta vai bater.
Talvez eu vá atender
e estupidamente responder.
Antecipadamente quero agradecer
o esforço que faz para entender,
um momento difícil todos podem ter
e cada um, com seu jeito de ser,
faz o possível para resolver.

Bruxa às Avessas


Bruxa às avessas
Era uma bruxa quase perfeita,
feia...
Com direito a verruga na ponta do nariz.
Não queria suas magias usar
para alguém amaldiçoar.
O que a bruxa queria realmente
era ser diferente,
por mais que isso parecesse
coisa de bruxa doente.
Queria hoje ser igual a ela,
virar tudo pelo avesso,
tocar as almas e os corações.
Fazer por um segundo,
deste triste planeta,
um novo mundo...
Quem me dera pôr lenha na fogueira,
para esquentar na caldeira
os pensamentos daquela triste feiticeira.